Lipoaspiração e Lipoescultura

Lipoaspiração e Lipoescultura | Dr. Gustavo R Moreno, Brasília
Lipoaspiração e Lipoescultura em Brasília, DF

Procedimento cirúrgico no qual, retira-se gordura, de áreas onde está em excesso. Utilizando cânulas de 2.0 a 5.0 milímetros: mícro-cânulas, um aspirador de pressão ajustável ou seringas de diversos tamanhos.  Marcamos previamente a área, o paciente é anestesiado: anestesia geral, peri-dural ou local para pequenas áreas.  Injetamos solução de soro fisiológico e adrenalina para diminuir o sangramento e a gordura é aspirada.

A gordura aspirada na lipoaspiração pode ser aproveitada para aumentar ou preencher áreas diferentes do corpo: LIPOESCULTURA.

 HISTÒRIA DA LIPOASPIRAÇÃO

Dr. Gustavo R. Moreno e Dr. Illouz

Inventada pelo cirurgião francês Dr. Illouz em 1977 ao aspirar com sucesso a gordura de um grande lipoma (tumor benigno de gordura) a seco, foi modificada anos depois, adicionando soro fisiológico e adrenalina para diminuir o sangramento (HIDROLIPO), sendo publicada na revista da Sociedade Francesa de Cirurgia Estética em 1979. No Brasil foi realizada a primeira lipoaspiração com a participação do Dr. Illouz no Hospital dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro de 1980.

Inicialmente era feita à seco e posteriormente sofreu modificações, adicionando soro com adrenalina, diminuindo o sangramento.

LIPOESCULTURA OU LIPOPLASTIA

Procedimento complementar à lipoaspiração, para aumentar o volume de áreas como glúteos e panturrilhas ou corrigir defeitos como depressões. Remove-se o excesso de sangue da gordura aspirada para melhora a “pega” do enxerto.

EXISTEM RISCOS NA CIRUGIA?

Toda cirurgia tem os seus riscos. Na lipoaspiração o principal risco é a trombose venosa profunda seguida de embolia pulmonar. Esta grave complicação é prevenida com uma boa hidratação do paciente no hospital após a cirurgia. Por este motivo, todo paciente nosso que decidir realizar lipoaspiração de mais de uma área, obrigatoriamente ficará 24 horas hospitalizado.

Outro risco desta cirurgia são as irregularidades da área operada; este risco é minimizado através da experiência do cirurgião.

TODA LIPOASPIRAÇÃO É UM PROCEDIMENTO CIRÚRGICO!

A lipoaspiração é uma cirurgia como qualquer outra e merece ser encarada com o devido cuidado.

Profissionais, clínicas e empresas intermediadoras de cirurgia plástica realizam vastas campanhas publicitárias banalizando este procedimento cirúrgico, criando nomes de fantasia: “H.L.P.A”, “HIDROLIPO”, “LIPO-LIGHT”, para dar a impressão de serem procedimentos mais simples, mais baratos e mais seguros que a lipoaspiração convencional. O que não é verdade!

Sem importar o nome, havendo uso de cânulas, estes procedimentos são lipoaspirações, com pequenas variações, como a aplicação prévia de ultrassom (H.L.P.A), só que realizadas com anestesia local, e em consultórios ou clíncas de estética, sem a segurança que oferece para o paciente o ambiente hospitalar.

Estas práticas colocam a vida do paciente em risco, caso venha a acontecer alguma complicação (não existem cirurgias sem riscos de complicações).

QUEM ESTÁ AUTORIZADO A REALIZÁ-LA?

Infelizmente não há no Brasil legislação específica para regular quem pode ou não realizar cirurgias plásticas. Atualmente o Conselho Federal de Medicina determina que para realizar uma lipoaspiração, o médico tem no mínimo que ser cirurgião geral. O Dr. Gustavo Rincón Moreno é especialista em cirurgia geral com três anos de residência médica e garante que nenhum cirurgião geral no Brasil tem  formação na sua residência médica que lhe habilite a realizar lipoaspirações ou lipoesculturas. Um cirurgião geral não tem a longa curva de aprendizado necessária para obter os resultados refinados de um cirurgião plástico.

A legislação para lipoescultura é a mesma que rege a lipoaspiração, pois não é nada mais do que um complemento daquela.

Recentemente surgiu no Brasil a Sociedade Brasileira de Lipoplastia, associação esta que ministra cursos de final de semana para “qualificar especialistas em lipoplastia”. Esta “especialidade” é inexistente, e por tanto a sua divulgação é ilegal.

Lembramos que a lipoaspiração é uma das mais difíceis cirurgias estéticas, especialmente se tratando de pacientes magras. É necessária longa curva de aprendizado de no mínimo três anos em tempo integral em serviço de cirurgia plástica credenciado pela S.B.C.P. para realizar lipoaspirações com perfeição e segurança.

Prefira sempre um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Gostou desta página?. Por favor, dê a sua avaliação.
 

Deixe seu comentário ou dúvida