Mastopexia

 

Lifting ou Elevação das Mamas

Mastopexia

A Mastopexia ou elevação das mamas é uma cirurgia indicada para mamas de tamanho médio que necessitam melhora no seu formato devido a queda (ptose) seja moderada ou severa, na mastopexia são feitas ressecções de pele e por vezes de glândula, nos casos de haver hipertrofia leve ou moderada. A mudança do formato e a elevação das mamas é conseguida através da remodelagem interna da mama, executamos várias incisões nas glândulas e após a escultura do tecido, realizamos suturas fixando-o nas estruturas musculares profundas para retardar uma nova queda das mamas ( o que é inevitável com o tempo). As mamas podem ser abordadas por incisões ao redor da aréola, somente na vertical ou combinando estas duas incisões. Nos casos de excessos muito grandes de pele será inevitável uma incisão em “_|_” ( T invertido).

TIPOS DE INCISÕES

Incisão peri-areolar circular e circular-vertical 

A incisão mais frequente para a mastopexia em casos de mamas médias ou pequenas e com moderado ou escasso excesso de pele. Neste caso retiramos uma circunferência de pele ao redor das aréolas e remodelamos internamente o tecido mamário para elevá-lo e realizar a sua fixação aos músculos peitorais, elevando assim as mamas. A cirurgia pode terminar em uma pequena cicatriz vertical se ainda houver sobra de pele no final da cirurgia.

Incisão em T invertido

Em alguns casos de mamas muito caídas com abundante excesso de pele, podemos ter a necessidade de realizar a técnica clássica de Ptianguy para remodelar as mamas retirando toda a pele excedente; nestes casos, na maioria das vezes necessitamos o auxílio de implantes mamários.

MASTOPEXIA COM IMPLANTES

Para todas aquelas mulheres que desejam mamas elevadas e ao mesmo tempo com aumento do seu volume, esta cirurgia tem a sua maior indicação.

Durante a consulta determinamos o tamanho ideal da mama e relacionamos este ao tamanho atual, para assim determinarmos o volume das próteses que devemos colocar, as quais podem ser colocadas em qualquer um dos planos descritos para a mastopexia de aumento: sub-glandulares, sub-fasciais ou sub-musculares (plano da nossa preferência).

Uma vez no centro cirúrgico, realizamos a marcação que pode ser peri-areolar, circun-vertical, em “_|” ou pequeno “_|_”. Após a marcação, retiramos o excesso de pele, dividimos a mama para re-arranjar a sua arquitetura, colocamos os implantes preferencialmente sob os músculos peitorais maiores e procedemos à montagem das mamas e ao fechamento das feridas operatórias.

Curativos oclusivos e protetores são colocados. Às vezes é necessário colocar um dreno de aspiração para evitar coleções sanguíneas. Este dreno é retirado entre 24 a 72 horas após a cirurgia.

A paciente recebe alta no dia seguinte à cirurgia, retornando ao consultório entre o terceiro e o sétimo dia pós-operatório. Os pontos externos são retirados entre 15 e 21 dias após a cirurgia.

Gostou desta página?. Por favor, dê a sua avaliação:

Deixe seu comentário ou dúvida