Blefaroplastia

Blefaroplastia em Brasília, DF.

A blefaroplastia ou plástica das pálpebras, corrige alterações do aspecto e forma palpebral, decorrentes de flacidez, bolsas ou excesso de pele, que dão aquele aspecto de “olhar cansado”.

Muitas vezes é necessário realizar um lifting de supercílio (elevação das sobrancelhas), pois de existir flacidez dos supercílios, executando somente uma blefaroplastia, a queda do supercílio piorará. Por isto é fundamental que a consulta e a cirurgia seja feita por um cirurgião plástico certificado.

Sua execução nas mãos de um cirurgião plástico experiente, não oferece maiores dificuldades técnicas. Esta aparente simplicidade execução, faz com que muitos médicos sem treinamento específico estejam realizando este procedimento. O Resultado: cicatrizes mal-posicionadas e de má qualidade, olhos excessivamente abertos ou redondos, (lagoftalmo) e outros problemas mais graves ainda.

Tipos de Blefaroplastia

Blefaroplastia Clássica

Consiste na retirada do excesso de pele e das bolsas palpebrais através de incisões na pele acima (pálpebras superiores) e abaixo (pálpebras inferiores) da linha de implantação dos cílios.

Como é realizada?

1. As incisões são previamente marcadas com a(o) paciente em pé e deitada(o).

2. É feita a desinfecção do local e o paciente é anestesiado.

3. É feita a incisão e retirado o excesso de pele e bolsas das pálpebras superiores.

4. Incisões sob os cílios das pálpebras inferiores e descola-se a pele até a borda inferior das órbitas. 

5. São retiradas ou re-posicionadas as bolsas gordurosas das pálpebras inferiores.

6. Havendo flacidez pálpebra realizamos a cantoplastia para “amendoar” ligeiramente os olhos e evitar o “olho de lebre ou olho redondo e aberto”, característica das blefaroplastias mal-executadas.

7.  É tracionado o retalho de pele e retirado cuidadosamente o excesso de pele. 

8. A sutura da gordura e a pele é feita com fio de nylon que é retirado entre o 4o.  e o 5o.. dia.

8. Compressas geladas devem ser usadas no pós-operatório.

10. O paciente recebe alta no mesmo dia ou  no dia seguinte, dependendo do caso.

Blefaroplastia Trans-conjuntival

Este tipo de blefaroplastia inferior é feita sem incisões na pele, mas por dentro da pálpebra. Está indicada exclusivamente para pacientes sem excesso de pele nas pálpebras inferiores e somente com excesso de bolsas.

Blefaroplastia Indireta

O problema existente não é propriamente excesso de pele nas pálpebras superiores e sim flacidez nos supercílios. A solução é a elevação das sobrancelhas e não retirar pele das pálpebras.

Cantoplastia

É um procedimento realizado quando é feita a plástica das pálpebras superiores ou inferiores e cujo objetivo é obliqualizar o formato do olho para rejuvenescer o olhar, já que quando envelhecemos o nosso olho fica mais redondo por conta da flacidez da pálpebra inferior.

Qual é a anestesia para esta cirurgia?

Anestesia local, local com sedação ou geral, dependendo do caso e da preferência do paciente.

Quem é o profissional mais indicado para realizar esta cirurgia?

blefaroplastia quando realizada por um cirurgião plástico, oferece excelentes resultados, naturais e imperceptíveis, corrigindo apenas o aspecto “cansado” ou “triste” do olhar.

 

Prefira sempre um cirurgião membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Gostou desta página?. Por favor dê a sua avaliação:
 

Deixe seu comentário ou dúvida