Ritidoplastia Endoscópica

 Lifting Facial por Vídeo em Brasília, DF

A Ritidoplastia endoscópica reposiciona os tecidos do terço superior e médio da face, sem incisões na face, com resultados naturais e rápida recuperação. 

A cirurgia endoscópica nasceu da necessidade de realizar cirurgias com incisões reduzidas ou inexistentes na área a ser tratada, inicialmente foi descrita para retirar a vesícula biliar e depois estendeu-se a outros órgãos especialidades, chegando finalmente à cirurgia plástica.

Pacientes que não tinham excesso de pele, nos quais uma cicatriz de lifting na face era indesejável e injustificável, necessitavam uma alternativa para tratar o defeito principal que era flacidez nos tecidos profundos.

Indicada vídeo-endoscopia nas plásticas faciais em pacientes jovens (30-55 anos) que tenham flacidez dos tecidos profundos da face, ocasionando sulcos marcados (bigode chinês). Não pode haver excesso de pele. Também a usamos em todas as nossas ritidoplastias abertas para um melhor reposicionamento do terço médio da face.  A tração superior desta região é muito difícil pela técnica aberta sem incisões extensas na região temporal.

A cirurgia plástica endoscópica posteriormente estendeu a sua aplicação a outras cirurgias para torná-las mais seguras em termos de revisão da hemostasia (verificação da ausência de sangramento). Temos como exemplo as próteses de mama via axilar, nas quais era muito difícil localizar um vaso sanguíneo sangrando fora do alcance da visão direta do cirurgião, à rinoplastia e às próteses de glúteo.

Tipos de Ritidoplastia Endoscópica

Existem basicamente dois tipos de cirurgia estética videoendoscópica facial:

  • Lifting endoscópico to terço superior
  • Lifting endoscópico do terço médio

RITIDOPLASTIA ENDOSCÓPICA DO TERÇO SUPERIOR DA FACE

A indicação principal desta cirurgia é a elevação dos supercílios. Nesta cirurgia, podemos realizar pequenos cortes nos músculos da expressão frontal e acima do nariz, que ocasionam rugas verticais e horizontais na testa que conferem à pessoa um aspecto de face muito séria ou ar de pessoa constantemente brava. Neste procedimento são feitas três incisões verticais de 1 cm atrás do pé do cabelo na região da testa.

RITIDOPLASTIA ENDOSCÓPICA DO TERÇO MÉDIO DA FACE

Este procedimento está indicado para pacientes mais jovens e cuja queixa fundamental seja flacidez e perda de volume do teço médio da face, associada à sulcos naso-lábio-genianos profundos (bigode chinês), acompanhados ou não de queda do ângulo da boca e sem flacidez cutânea, nem excesso de pele.

Através de pequenas incisões dentro do cabelo, introduzimos um instrumento óptico de 3 mm de diâmetro, ligado a uma mícro-câmera e conectado a um monitor de vídeo de alta resolução e a uma fonte de luz de xenon, realizamos o descolamento dos músculos e tecidos profundos da face, seja acima ou abaixo do periósteo (técnicas sub ou supra-periostal). Dependendo do caso e após este descolamento, fixamos com suturas ou dispositivos especiais (Endotine). Este tipo de cirurgia pode ser associado ao lifting clássico do terço médio, isto nos permite resultados mais duradouros e naturais, com reposicionamento volumétrico do terço médio, que não é possível com a técnica clássica.

QUEM É O PROFISSIONAL MAIS INDICADO PARA REALIZAR ESTA CIRURGIA?

Embora profissionais de outras especialidades estejam fazendo cursos de final de semana e filiando-se a pseudo-socidedades de “cirurgia plástica facial”, somente um cirurgião plástico certificado e membro da sociedade brasileira de cirurgia plástica reune as condições técnicas suficientes para executar esta cirurgia com segurança e resultados naturais. Prefira sempre um cirurgião membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Gostou desta página?. Por favor dê a sua avaliação:
 

Deixe seu comentário ou dúvida