RINOPLASTIA: TIPOS DE CIRURGIA DO NARIZ


Rinoplastia em Brasília

A rinoplastia é uma cirurgia que visa corrigir defeitos no nariz, sejam estéticos, funcionais ou ambos. Nesta página explicamos os tipos de rinoplastia.

Se você está interessado(a) no tema, no nosso site temos várias páginas dedicadas ao tema, desde o mais básico como nesta página, até uma página na qual o Dr. Gustavo Rincón Moreno executa e explica uma Rinoplastia em Brasília passo a passo. Assim, é só seguir os botões de navegação no final da página para ir se aprofundando no tema. 

Dividimos desta forma, porque é um assunto extenso e ficaria cansativo e muito longo de explicar em uma página só, assim que, boa leitura e seja Bem-vinda(o) ao portal da Rinoplastia em Brasília

Tipos de Rinoplastia

Segundo o tipo de queixa pode ser

Rinoplastia estética

Aquela rinoplastia que visa unicamente corrigir os defeitos estéticos que a(o) paciente considera insatisfatórios para sua autoimagem, temos aqui:

  • Tamanho global do nariz
  • Forma (achatado, adunco, largo, etc)
  • Proporção dos diferentes segmentos
  • Tamanho e projeção da ponta
  • Tamanho e abertura das asas

Rinoplastia funcional

A rinoplastia que pretende corrigir problemas respiratórios uni ou bilateralmente (uma ou ambas narinas). Estes problemas podem advir de muitos fatores, alguns cirúrgicos e outros de tratamento clínico, como as rinites alérgicas.

Os problemas respiratórios que podem ser corrigidos com a rinoplastia funcional são:

Desvios do septo nasal: (uma membrana muco-cartilaginosa que separa ambas narinas) pode estar torta e assim, encostar na parede lateral do nariz, produzindo obstrução respiratória.

Hipertrofia dos cornetos: Os cornetos são umas estruturas ósseas recobertas de mucosa esponjosa que pode se encher de sangue para aumentar de tamanho e aquecer o ar ou resfriar-no, segundo as condições ambientais externas, servindo também de filtro para que as partículas de poeira ou ácaros não progridam para a árvore respiratória inferior, por este motivo, não somos partidários da sua remoção total nos casos de crescimento exagerado (hipertrofia) e sim da sua redução através de uma cirurgia conhecida como turbinoplasita.

Rinoscopia em brasilia
Rinoscopia realizada pelo Dr. Gustavo R. Moreno, em Brasília, mostrando um desvio de septo e hipertrofia de corneto inferior

Muitas vezes os dois problemas descritos acima estão associados, necessitando uma cirurgia combinada de septo e cornetos. Esta cirurgia pode não ser definitiva, já que se o problema alérgico que causou o crescimento da concha nasal (corneto) não for tratado, ele voltará a crescer.

Rinoplastia estético-funcional

Quando o paciente tem uma queixa estética e problemas respiratórios associados. Utilizamos a mesma cirurgia para corrigir ambos, em uma cirurgia chamada Rinosseptoplastia ou rinoplastia estético-funcional.

O Dr. Gustavo R. Moreno executa rinoplastia estético-funcional em Brasília desde 2007.

Rinoplastia reparadora

Quando o paciente submete-se a uma reparação no seu nariz por causa de um defeito congênito (nasceu com ele), como é o caso dos pacientes com lábio leporino, ou após alguma fratura nasal, ressecção de um tumor, etc.

Rinoplastia Primária

A(o) paciente nunca antes foi submetido a nenhuma cirurgia no nariz.

Rinoplastia secundária, terciária, etc.

Rinoplastia de correção de uma cirurgia anterior que teve algum problema em algum ou em todos os segmentos nasais, tendo que ser re-operado.

Retoque ou refinamento

A cirurgia foi bem sucedida, porém algum problema retornou, devido à memória da cartilagem, cicatrização assimétrica dos tecidos que fez o nariz desviar para um dos lados ou pode também haver um problema de cicatrização no osso onde foi ressecada a giba ósseo-cartilaginosa ou no local da fratura, depositando cálcio além do necessário para fazer cicatrizar o osso, formando uma elevação. Este processo é conhecido como “calo ósseo”. Na maioria das vezes este calo desaparece espontaneamente até o décimo segundo mês, porém em alguns casos, é necessária uma nova raspagem óssea. 

Os planos de saúde cobrem as rinoplastias?

Depende do caso: nos casos de defeitos congênitos, traumas, reconstruções por câncer ou problemas respiratórios, sim, mas no caso de queixas estéticas, o plano de saúde cobriria uma parte e o paciente teria que pagar o adicional, tanto da parte da equipe cirúrgica, quanto do hospital e do anestesiologista.

 

Em breve adicionaremos mais conteúdo a esta página. para mais informa

[LEIA MAIS SOBRE ESTA CIRURGIA AQUI!…]

Deixe seu comentário ou dúvida